Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em busca da felicidade

7 motivos pelos quais sei que sou desequilibrada

(este já estava escrito há pelo menos mês e meio...achei que hojem segunda feira era bom dia para publicar)

 

Apanhei este estudo – penso que seja um estudo – na internet, onde referem 7 atitudes típicas de mulheres equilibradas. E eu, depois de ler a coisa, assim na diagonal, vá, percebi que é mais um atestado ao meu desequilíbrio permanente.

Ora diz este artigo que a regra numero 1 para as mulheres equilibradas é que não se desesperam. Bom, vamos lá a ver, eu tenho dias em que o desespero é o meu nome do meio. Em que tenho mais coisas para fazer que tempo para faze-las e só me apetece gritar e arrancar cabelos, primeiro os meus e depois os dos outros, que pode parecer mas não tenho tantos assim.

A segunda atitude é ser honestas consigo mesmas. Minhas queridas pessoas, se eu nunca me mentir então não saio da fase do desespero. Digo muitas vezes a mim mesma que vou fazer tudo, quando na verdade sei que não é possível, levanto-me de manhã e a minha primeira reacção é fugir do espelho, tal não é o nível de profundidade das minhas olheiras. Mas digo para mim que sou linda e que a Angelina a meu lado parecia um balde de lixo. Como depois não passo o dia a olhar para o espelho é fácil acreditar. Isto para não falar nas vezes que digo a mim mesma que as minhas ideias não vão dar merda, quando estou cansada de saber que a coisa vai dar buraco.

A terceira atitude é ser leal às pessoas. E sou. Lá isso sou. Tirando aquelas vezes que digo à pessoa que até tem razão só mesmo para a pessoa se calar, porque não me apetece nada falar mais sobre o tema.

Quarto, aceitar o irremediável. Atendendo a que gostava honestamente de ser imortal como o Duncan Macleod, tá logo no fosso esta virtude. Não me convenço nem aceito que um dia o Senhor me vai chamar (sim porque a ida para o inferno é para pessoas más e eu só pratico o bem), nem acredito que só escrevo caca e prova disso é que insisto aqui todos os dias.

Quinto, ser autossuficiente. Sou, mas isso é porque não tenho quem me sustente. Que se o Nuno ganhasse uma batolada de dinheiro não me importava nada de viver à conta. De papo para o ar, a ir ao ginásio, a acordar a horas descansadas. Isso é que era.

Penúltima virtude, respeitar a própria liberdade. Lá respeitar eu respeito. A minha e a dos outros. O problema é que por exemplo via a minha liberdade a passear todo o dia no shopping ou na praia. Mas no trabalho condicionam-me a liberdade e dizem que tenho de lá estar a fazer coisas. Tipo a trabalhar. Caso contrário dizem que não faz sentido pagarem-me ordenado. Eu discordo, e continuo na minha, é mais uma daquelas coisas irremediáveis que eu não aceito.

E por ultimo, tarara! Não se boicota. Pfff! Tou farta de me boicotar. Aliás é coisa que mais faço na vida. Tinha uma carreira promissora no mundo da moda, ali ao lado da Gisele e depois tive duvidas das minhas curvas. Boicote. Tinha tudo para ter uma carreira na música, envergonhei-me de que os outros me vissem cantar. Tumba, boicote.

E é isto. Da próxima vez que me virem já sabem pessoas equilibradas. Atenção que não circulo bem da mona!

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

------Blogs de Portugal------

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D