Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Adeus "Em Busca da Felicidade"

 

Antes de irmos ao assunto quero desde já tirar da frente alguns pontos fundamentais:

  • Não vou deixar de ter um blog;
  • Não vou deixar de escrever;
  • Quem tem parafusos a menos e persiste em ler este tipo de "coisas", chamemos-lhe assim, terá possibilidade de o fazer...mas noutra tabanca;
  • Não vou abandonar a Sapo pelo que quem subscreveu os meus blogs, mesmo que o tenha feito à espera de outra coisa e agora não retire a subscrição porque pode parecer mal; pode ficar descansado, continuarei a escrever para vós.

Ufa, agora que estamos entendidos posso prosseguir. Detesto mal entendidos e de facto arreliam-me aqueles textos de adeus que depois são para dizer nim e pim e pom e toma lá um titulo bruto à babuja.

 

Quem lê as minhas parvalheiras sabe que já ando há muito tempo cansada do nome deste blog. Fez todo o sentido no dia em que o criei, estava meio tantan da cabeça, com as hormonas da maternidade em ajustes grotescos, a noção de trabalho pelo bem estar, união, alegria de toda uma pequena família de um careca e dois guedelhudos. Ao principio os textos eram mais apelativos ao sentimento e gradualmente, conforme a vida foi assentando na normalidade e eu fui tendo conversas de "pshit olha lá ó neurónio choninhas..." com o meu interior, foram aparecendo textos mais brincalhões, à procura de umas gargalhadas, as minhas e as dos outros. Foi-se tornando em algo bem diferente daquilo que o nome prometia. Porque convenhamos, quando uma pessoa lê "Em Busca da Felicidade" está à espera de textos inspiradores, frases positivas e de esperança, o pôr do sol atrás e a lamechice como musica de fundo. 

Foi deixando de fazer sentido.

Por isso comecei por martelar a minha cabeça, mudava ou não o nome? Criava outro blog ou arriscava perder os links deste?

Cheguei a uma conclusão relativamente rápida, até porque não tenho pachorra para andar a arrastar temas e decidi-me: o "Em Busca da Felicidade" vai acabar, tal como acaba um caderno em que anotamos ideias. Chegou à ultima página e faz sentido passar para outro caderno. Um com um nome completamente diferente.

Pus-me a pensar e desencantei uma lista de nomes, mas foi o meu rico marido, do alto da sua sabedoria e permanente apoio, que me sugeriu o nome certo.

O blog novo já está pronto, quem me segue no facebook até já sabe como se chama. Vai ao encontro do que eu acho que devia ser. E se quiserem saber porquê têm de dar um salto até lá na segunda feira e ler o primeiro post.

O "Em Busca da Felicidade" trouxe-me a satisfação de escrever, a vaidade de ver post partilhados pelo Sapo, o jubilo de angariar 6 leitores relativamente fixos, sendo que 3 são familiares (tenho mais família mas nem os laços de sangue conseguem aguentar isto); mas agora está na hora de passar a outra.

Manter-se-á acessível a quem quiser ler, mas não vai haver espaço para comentários, convenhamos que não há pachorra para andar a responder a comentários de textos velhos.

Por isso, e para quem queira continuar a fazer leituras aos meus textos, podem encontrar-me aqui.

 

9 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D