Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Coisas de mãe

Há poucas coisas nesta vida que me deem mais gozo do que ouvir o meu filho aprender a falar.

Todas as noites me pede para ler "torias", umas atrás das outras. Prometo duas, pede sempre mais uma: "gepeto", "shete anões" ou a minha preferida a "chidelela e o coche". Queixo-me feita parva, mas fica-me um sabor a pouco na boca quando não o ouço insistir por mais uma.

 

Poucas coisas nesta vida me alegram mais as manhãs do que ver o meu filho acordar com um sorriso. Poucas me apertam mais o coração do que ver esse sorriso dar lugar a um semblante de tristeza quando me pede "mãe, quato" para irmos brincar e eu tenho de lhe dizer "a mãe tem de ir ganhar tostões".

 

No sábado passado compramos-lhe uma caixa de lápis de cena na loja dos chineses. Todos os dias me pede "folas", pinta os seus rabiscos e corre atrás de mim pela casa, quer que lhe elogie os desenhos.

Ontem sentei-me ao lado dele enquanto rabiscava, contente e confiante com a sua obra, decidiu experimentar as cores todas. Os lápis, fininhos, partiam-se com a força que fazia a pintar. Olhava para mim, uma metade de lápis em cada mão e dizia preocupado "oh, pitiu!". "Não faz mal, filho, pinta na mesma", disse-lhe de todas as vezes. E ele pintava. Eu olhava para ele e pensava nas saudades que vou ter deste tempo. Pedi aos anjos, se é que eles existem, que me permitam guardar na memoria estes momentos. São os únicos que valem o arquivo.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D