Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em busca da felicidade

Comer como os crescidos e mudanças das rotinas cá em casa

Sempre que vamos às consultas de rotina do pequeno voltamos com qualquer coisa para alterar, para fazer de forma diferente, a necessidade de readaptar as rotinas que vamos criando a um bebé que a cada dia que passa é menos bebé e mais um mocinho cheio de genica.

O pediatra já nos tinha dito que o pequeno estava liberto para comer de tudo menos os malfadados frutos secos (que são muito alergénicos) e marisco (o que é uma pena porque aquele glutão numa mariscada havia de ser uma coisa a não perder…mas cada coisa a seu tempo). No entanto, como o tipo só tinha os 4 dentes da frente em cima e 2 dentes da frente em baixo, nós de pais que têm o filho dentro de 2 bolas actimel, decidimos que lá ia comendo uma ou outra coisa da nossa comida, assim a titulo de graçola, mas que continuava com a sua sopinha bem passadinha, bem atestada e com peixinho ou carninha.

Mas, desta vez recebemos a informação de forma mais veemente por parte do pediatra, acabou-se a comidinha do bebé feita à parte, que com um tamanho destes já pode comer a comida da família. Com juizinho, claro está, nada de meter o miúdo a comer cozido ou tripas à moda do Porto.

Assim viemos, felizes que o nosso menino evoluí a olhos vistos, tristes que vai deixando de ser o nosso bebé a cada minuto.

Como maníacos do controlo e esquematização de situações que somos, lá começámos a pensar como é que nos íamos gerir com estas alterações. É que até aqui o pequeno já tinha a comidinha pronta e nós depois de tudo e toda a gente tratada, lá fazíamos alguma coisa para comer, o que muitas vezes implica jantar depois das 21h30. Agora não pode ser assim, não podemos ter o pequeno a jantar quase às 22h da noite.

Por isso chegámos a uma conclusão, por muito que nos custe, isto de darmos banho os dois ao campeão chegou ao fim, pelo menos nos dias de semana. Um tem de tratar do asseio do rapaz e o outro tem de se enfiar na cozinha a tratar da paparoca para jantarmos todos juntos.

Agora estão todos a pensar, mas esta gente é parva, é preciso 2 adultos para dar banho a um moçoilo de 15 meses que até as solas dos ténis já lambeu (e lambe se deixarmos)?

A resposta é: não necessariamente. Mas é o nosso momento a 3. O nosso momento de divertimento em família, em que se brinca com a espuma no banho, se chapinha na água, em que não há tarefas nem afazeres. O tempo pára por instantes e estamos só ali, a rir todos juntos. Depois cada um vai para os seus afazeres, às sua tarefas, o pai trata da comida do bebé, eu visto-o. O pai dá o jantar , eu trato de dar comer aos cães e fazer o nosso jantar. Arranjar as marmitas para o dia a seguir.

Jantamos.

O pai vai tratar da loiça, eu tomo conta do reguila.

Passa das 22h e rumamos para a cama. Vestir os pijamas, adormecer o artista. O pai lê o jornal, eu venho até aqui, ou sento-me a ler o meu livro.

O dia chega ao fim e preparamo-nos para dormir.

Hoje as coisas vão ter de se alterar. O pai vai dar o banho. Eu vou tratar do jantar. Jantaremos os 3 (em principio), e vamos ver como é que nos organizamos. Quem é que dá as colheradas ao pequeno, quem faz as macacadas, quem come primeiro e quem fica de plantão. O nosso momento a 3 vai ter de ser diferente, pelo menos nos dias de semana, vamos ter de encontrar esse espaço, mas seja lá qual for, vai sempre ser bom. Disso tenho a certeza.

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D