Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Como cancelar a inscrição no ginásio

Atleta+cansado.JPG

 

 

(a Maria dirige-se à receção do seu ginásio)

 

Senhora do ginásio – Boa tarde.

Maria – Boa tarde. Olhe eu pretendia cancelar a minha inscrição no ginásio. Já passou o período de fidelização que era de um ano.

Senhora do ginásio – Pois, compreendo. Deixe-me ver as suas condições.

 

(A Maria aguarda)

 

Senhora do ginásio – O seu contrato renova automaticamente a cada 6 meses, pelo que só pode cancelar daqui a 3.

(sorriso de quem já lixou mais um)

Maria – Pois, mas eu vou trabalhar para longe e não faz sentido manter a inscrição. Creio que isso está previsto nas condições.

Senhora do ginásio – Está sim, senhora. É só trazer uma declaração da empresa e procedemos ao cancelamento.

 

(a Maria pede uma declaração no trabalho e volta para cancelar a inscrição)

 

Senhora do ginásio – Boa tarde.

Maria – Boa tarde. Estive cá há pouco e queria então formalizar o cancelamento da minha inscrição no ginásio.

(a senhora lê com atenção o documento e devolve-o à Maria).

Senhora do ginásio – Peço desculpa mas a informação que aqui consta não é suficiente para cancelarmos a inscrição. Necessitamos de saber a morada completa do seu novo posto de trabalho.

 

(a Maria recebe o documento e volta a pedir à empresa que lhe passe uma declaração, desta vez com a morada da empresa. Volta ao ginásio)

 

Senhora do ginásio – Boa tarde.

Maria – Sou eu outra vez, tenho aqui a declaração com a informação adicional que me pediu.

(pára a ler o documento, vai ao computador e devolve a declaração)

Senhora do ginásio – Está com sorte, não precisa cancelar a inscrição, temos um ginásio a 49 km do seu emprego. Poderá ir lá treinar.

Maria – A 49 km? Isso não me dá jeito nenhum.

Senhora do ginásio – Terá de dar. Porque o seu contrato diz que só pode cancelar a inscrição se for trabalhar para alguma localização onde, num raio de 50 km, não exista nenhum ginásio nosso. E no seu caso tem sorte. Há um a 49 km.

(a tipa do ginásio mascava lentamente uma pastilha e sorria com prazer)

Senhora do ginásio – Assim, ou vai trabalhar para outro sitio, ou então tem algum problema médico que a impeça de treinar.

 

(a Maria vai ao médico, pede uma declaração onde este atesta os seus problemas de coluna e de como devia evitar fazer treinos intensos. Com a declaração médica volta ao ginásio)

 

Senhora do ginásio – Boa tarde.

Maria – Boa tarde. Quero cancelar a minha inscrição no ginásio. Tenho aqui a declaração médica.

(a tipa do ginásio lê o documento com atenção, vai ao computador, volta e devolve a declaração)

Senhora do ginásio – Está com sorte, temos aqui atividades muito boas para o problema de saúde que tem.

Maria – Mas eu não quero fazer atividades mesmo boas. Quero fazer o que o meu médico mandou. E por isso quero cancelar a inscrição no ginásio.

Senhora do ginásio – Compreendo. Mas com o problema de saúde referido não é possível cancelar a inscrição. Está no contrato.

Maria – Como assim?

Senhora do ginásio – Tem: problemas cardíacos, ossos fraturados, doenças cronicas, traumatismo craniano ou alguma forma de psicose?

Maria – Não, tenho problemas de costas.

Senhora do ginásio – lá está…

Maria - Lá está o quê?

Senhora do ginásio – Não está abrangido...

(a Maria já ia a sair e voltou atrás)

Maria – Só mais uma pergunta…psicoses? Não percebi…

Senhora do ginásio – Malta que lhe para a boneca e pesos não corre bem. Se lhes dá para acertar com um haltere em alguém é uma chatice.

 

(a Maria transtornada sai desvairada do ginásio, não olha quando atravessa a estrada e leva uma valente passa de um mata-velhos. Fratura 4 costelas, parte uma perna e leva 10 pontos na cabeça. Quando sai do hospital, ainda de moletas volta ao ginásio com uma nova declaração médica)

 

Senhora do ginásio – Boa tarde.

Maria – Quero cancelar a minha inscrição. Está aqui a declaração médica.

(a tipa lê tranquilamente a declaração, vai ao computador e devolve a declaração)

Senhora do ginásio – Está com sorte. É uma situação temporária, pelo que, caso se resolva até ao período destes 6 meses, pode sempre voltar, se não for assim, pode sempre cancelar 30 dias antes deste período de 6 meses.

(a Maria fica louca da marmita e arreia duas valentes arrochadas com a muleta direita na tipa do ginásio. É retirada à força e escoltada pela policia)

 

(uma semana mais tarde recebe em sua casa uma carta do ginásio)

 

“Face ao sucedido nas nossas instalações, vimos por este meio informar que não é bem vinda em nenhum dos nossos ginásios por tempo indeterminado. Melhores cumprimentos."

 

25 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D