Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em busca da felicidade

Como ensinar a amar num mar de ódio?

 

Esta criança sentada numa cadeia cor de laranja. Um olhar de quem não percebe porque o mundo é assim. Vazio de esperança e amor. Um olhar de quem já viu mais terror do que carinho. Um olhar de quem já absorveu mal que chegue para uma vida inteira.

Como ensinar a amar num mar de ódio?

Porquê tanto ódio?

Olho para esta criança, talvez tenha mais um ano que o meu campeão. Olho para esta criança e tremo por dentro. O mundo perfeito que devia ter. Com esta idade não devia saber que existem outras coisas para lá do amor.

É preciso ser amado para amar. É preciso ver o bem para saber que o devemos praticar.

Vejo esta imagem e contenho as lágrimas de uma mãe que se lembra imediatamente “e se fosse…”. Para. Digo a mim mesma. Egoistamente faço porque me lembrar que não. Ai jesus, porque se fosse! Meu Deus o desespero.

O que faria por ele? Tudo. E sim, tudo o que se possa imaginar.

Imagino se esta criança ainda tem a mãe para o abraçar à noite. Se ainda vive.

O Pedro Ribeiro diz Valha-nos Deus. E que nos valha mesmo Pedro. Que não aguentamos um mundo assim.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------ Gostar da Página ------

------ Blogs de Portugal ------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D