Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Há gente boa na blogosfera

Há blogs, há outros blogs e depois há a Joana.

Devia ter esta chafarica há dois ou três meses quando decidi «navegar» no mundo dos blogs da Sapo. Rapidamente percebi que existe uma verdadeira comunidade, e com ela tudo o que há de bom e de menos bom em conviver com pessoas com formas de estar e opiniões diferentes das nossas.

Num dos meus passeios de barco pelos riachos da Sapo Blogs afora, dei com o blog Quiosque da Joana; a verdade é que não foi preciso ler muita coisa para me sentir cativada pela forma despretensiosa e cativante com que esta mulher relata a sua visão sobre diferentes momentos da própria vida.

Numa voz muito própria e única e Joana deixa-nos entrar no seu pequeno mundo que, de pequeno, pouco tem.

É verdade que há ali um momento em que desejamos secretamente que lhe nasça uma verruga cheia de pelos e mal cheirosa mesmo no meio do nariz. Mas passado essa fase, entregamo-nos completamente ao encanto desta mulher faz-tudo: ela cozinha, ela costura, ela corre, ela faz Yoga pendurada num pedaço de tecido, ela viaja, ela tricota, ela toma conta de animais, ela faz voluntariado, ela é amiga do seu amigo, e tudo isto sendo uma tipa gira para caraças.

Sendo mulher confesso que, quando conheço uma mulher muito bonita secretamente desejo que seja uma cabra! É isto! Tá dito! Numa espécie de compensação: «já que é tão boa por fora ao menos que seja um desastre por dentro.»

Ora pois que esta Joana para além de gira que doí ainda tem o desplante de ser uma pessoa maravilhosa e inteligente. Porque quando elas são giras e boas pessoas, uma alma deseja que sejam burras que nem portas. Mas como a Joana é mulher de muitos projetos: é gira que doí, é uma pessoa maravilhosa, é inteligente e ainda é boa profissional e bem sucedida. Compreendem agora o desejo da verruga?

Já começa a fazer sentido, não é?

 

A Joana é uma mulher de mil ofícios, desterrada do país que tanto ama por um projeto profissional. Ainda assim Joana, entre tarefas e tarefas, ainda encontra forma de ajudar uma trapalhona da blogosfera a saber como põe um pop-up no blog.

 

Eu quero acreditar que o mundo inteiro já conhece o blog da Joana, mas se ainda há uma alma que não se esbarrou com ele, que se esbarre agora ou se cale para sempre. Amén!

 

p.s.: Joana, tenho a ideia que já te disse, mas volto a dizer: «és a maior!»

 

27 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D