Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em busca da felicidade

I am chalupe

 

Esta semana dei com este estudo no Facebook. As redes sociais associadas ao desporto têm destas coisas, causam-nos problemas mentais (aparentemente e de acordo com estes investigadores, mas já lá vamos) e servem também para que malta que não sabe o que há-de fazer para aparecer com algum trabalho (digo eu), inventar matérias de estudo suficientemente ambíguas para permitir aferir qualquer porcaria.

Ora dizem estes senhores, no seu certamente brilhante estudo, que as pessoas que postam nas redes sociais os seus treinos têm problemas psicológicos ou potenciais problemas psicológicos. Ora eu posto ocasionalmente os meus treinos, logo, de acordo com esta senhora “I am chalupe”. Muito bem. Não é novidade.

Então, porque eu venho ao facebook, ou ao Instagram e digo “olha fiz 400 abdominais e corri meia hora na passadeira” tenho de fazer terapia. Pergunto-me se eu andar 3 semanas a postar grelhadas mistas, bolos de chocolate e outras comidas carregadas de cremes e molhangas, terei também alguma espécie de problema mental, porque, afinal de contas as fui comer só para pôr uma fotografia na rede social.

Ora pelo que li deste magnifico estudo, diz a senhora que as pessoas vão treinar para depois colocar no Facebook o que fizeram. Para se gabarem. Para mostrarem que cuidam do corpo. E então? Se isso é motivo para a pessoa tirar o rabo alapado do sofá, força! Eu cá é mais porque ando nesta coisa, mais ou menos desde os meus 15 anos, de querer ser uma gaja boa. Ainda não consegui, mas sou pessoa pouco dada a desistências e imagino-me, com os meus noventa e tal anos, agarrada à máquina de press de pernas e a pensar “é desta que ficas com umas nalgas de fazer inveja”. A esperança é a última a morrer.

Não sei que raio de vida tem esta senhora, mas suspeito acima de tudo que recebeu uma bolsa qualquer para fazer um estudo e, à falta de melhor ideia, deu-lhe para isto.

Afinal de contas, se não aparecerem estudos sobre tudo, sobre nada e mais qualquer coisa como é que a gente mede os efeitos da vida?

De maneiras que é assim calupas da minha vida, malta que bota nas redes sociais os seus treinos e mais ainda aqueles que têm um quadro ainda mais grave e se atrevem a fotografar as suas barrigas trabalhadas, continuemos com os nossos treinos. Partilhemos como nos apetecer, chalupa por chalupa, mais vale ser um chalupa feliz, que faz o que gosta, que se diverte, que partilha, que motiva e que no final disso ainda tem uma barriga lisa para levar para a praia. Esta senhora deve estar lá ao canto, a tirar notas e a chegar à conclusão que nós, por usarmos biquíni e não fato de banho de gola alta, temos algum problema psicológico.

 

Ah e é verdade, há uma coisa em que a senhora tem razão, quando há uma gaja, uma badalhoca qualquer, que faz mais agachamentos que eu, eu fico um bocado porca com a coisa e só ponho like para não parecer mal. Quando acabo de clicar no Like já eu estou a agachar que nem uma louca para não ficar atrás.

 

Problemas mentais my ass!

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D