Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em busca da felicidade

Memórias de um blog antigo #3 - O poder do teu abraço

 

Não tenho palavras para descrever o que sinto quando te abraço. O teu cheiro. A tua pele. O calor do teu corpo pequenino colado ao meu como se dependêssemos um do outro. Não sei qual de nós precisa mais deste abraço. Não sei qual de nós precisa mais deste contacto pele a pele. Pego em ti e juro que não sei quem está ao colo. Se por vezes és tu, se na maioria sou eu, que apesar de te carregar a ti sinto que estou ao teu colo. Sinto que me carregas a mim. Talvez porque carregas nas tuas mãos o meu coração. O meu ser.

O teu abraço cura tudo. A dor. O sofrimento. A saudade. O mau dia passado em torno de quem não interessa.

Dava tudo para estar sempre contigo. Gozar de cada segundo. Beber cada instante da tua vida como se de água no deserto se tratasse. Viver-te em todos os momentos possíveis, em todos os momentos que me permitas.

Um dia vais voar. Construir o teu ninho.

Sei disso.

Preparo-me para esse dia.

Talvez, depois de construído o teu ninho te lembres desta velhota que viveu por ti, para ti. Lhe dês um abraço. Um abraço dos que curam tudo.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------ Gostar da Página ------

------ Blogs de Portugal ------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D