Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Morreu Fidel Castro

 

Estava no terceiro ano da faculdade quando uma amiga e colega me disse que ia passar férias a Cuba. Se eu não queria ir com ela a uma loja de coisas baratas ali na Costa da Caparica para ela comprar umas coisas para levar.

Via-a a pegar em tudo o que eram quiquilharias, vernizes baratos, batons, escovas de dentes.

"Mas para que raio queres isso?"

"Então, com a falta que eles lá têm de tudo trocam coisas boas por estas que para eles nem as veem!"

Anos antes um dos meus irmãos tinha feito amizade com um cubano, médico, que tinha vindo para Portugal em circunstâncias não muito agradáveis. Tinha vindo porque lá, apesar de médico e ainda que tendo uma vida melhor que a de muitos, mal ganhava 3 contos de reis.

Mesmo à 17 anos atrás, 3 contos de reis era muito pouco dinheiro.

Cuba ao que me dizem é linda, mas também me dizem parecer parada no tempo. Os carros são velhos, os edifícios (aqueles que não são usados para turismo, que o turista é rei) estão decrépitos. Há falta de condições de saúde e a maior parte dos cubanos não tem acesso a coisas tão triviais como pasta de dentes, escovas, detergentes entre outras coisas.

Tente-se encontrar um cubano a comprar uma coca-cola!

Não percebo muito da história de Cuba. Como aliás a história de qualquer país. Vá lá que vá sabendo a nossa e mesmo assim não é com detalhe.

Sou uma nódoa no que respeita a política.

Mas sei quanto baste para ter a perceção que um ditador é sempre um ditador.

Ontem à noite morreu um homem que marcou a história mundial.

Fidel Castro marcou a história mundial. É certo.

Mas também é certo que Fidel Castro foi um ditador.

E um ditador é sempre um ditador.

Esteja ele à esquerda ou à direita.

 

Por isso lembro apenas que...

Falar de Cuba é falar de Che Guevara.

Falar de Cuba é falar de Fidel Casto.

E...falar de cuba é falar de um país onde se passam necessidades.

 

17 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D