Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Ora aqui ficam dois filmes franceses que adorei

Une famille à louer

 

 

Paul-André é um homem milionário que dedicou toda a sua vida ao trabalho, um dia cansou-se, vendeu tudo e foi viver para a sua mansão, que mais parece um mausoléu, acompanhado apenas pelos seus empregados.

Violette é uma quarentona desempregada que vive numa casa a cair aos pedaços, com um frigorífico que não fecha e dois filhos de pais diferentes. Ambos a abandonaram e a deixaram com a responsabilidade sozinha. 

Ao tentar roubar um frango num hipermercado é apanhada pelo segurança quem agride violentamente resultando num processo em tribunal e na possibilidade de perder a custodia dos filhos para o Estado.

Paul-André vê a pobre Violette na televisão e, compelido pela importância que esta dá à família decide propor-lhe que lhe alugue a sua família para que ele saiba como é, antes de pensar em constituir uma.

 

O filme está muito bem conseguido. Os atores são espetaculares e eu fartei-me de rir.

 

 

 

Barbecue

 

  

Antoine Chevalier é um homem que se esforça por ter uma vida saudável. De tal forma que se regra, porventura em demasia. Não bebe, não fuma, priva-se de comer a maior parte das coisas que lhe dão prazer e corre 3 vezes por semana.

Vive em ansiedade e nem sabe muito bem porquê.

Numa prova de corrida com os amigos sofre um enfarto. 

Antoine Chevalier questiona a ironia de tudo aquilo, ele, que se esforça por ter uma vida saudável acontece-lhe este infortúnio. A partir daí decide que vai viver a vida como lhe apetecer, fazer o que lhe dá prazer, incluindo dizer às pessoas o que merecem ouvir em vez de moderar o que lhe sai da boca.

Uma comédia hilariante que nos faz pensar nos dias de hoje, na nossa incessante busca pela longevidade, por o que dizer salvar-nos de uma morte certa e em como a noção de finitude nos pode mudar.

E claro, a importância dos amigos no momentos mais apertados.

Adorei. Adorei. Adorei.

 

 

4 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D