Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Os homens, os balneários e as pilas

Contava no outro dia a duas pessoas amigas que havia malta no ginásio a que vou que treina, não toma banho, limpa-se à toalha e segue com a sua vida. Passarinha-se pelo balneário sem roupinha no lombo "para arejar" e depois é vestir a roupinha e ala que se faz tarde.

"É por essas e por outras que deixei de ir ao ginásio".

Mas como assim? Por causa de andar malta desnuda no balneário? Então é o sitio certo. Certo?

Pois que é, mas pelos vistos a cena de andarem machos a cirandar nus pelo balneário pode ser coisa a atirar para o desagradável. E eu, depois de pensar, ponderar e amadurecer a ideia, até que fiquei a compreender. 

Pois que nós senhoras não temos coisas a medir. Certo que algumas tentam contar as estrias que as outras têm na nalga. Certo também que há sempre quem tente perceber se a sua maminha é mais rijinha que a da outra. Mas medidas, medidas à seria...não!

Já no caso dos homens acredito-me que possa ser esquisito. O tipo olha para baixo à procura dos sapatos e o outro desconfia que está a micar o que Deus lhe deu. Outro senta-se para apertar os sapatos e o marmanjo ao lado está numa de "secar ao ar livre" de pendurezas ao leu, ali, mesmo nas faces do outro. Nem um turcozinho que tape o que Nosso Senhor lhe colocou entre pernas.

Uns convivem melhor com isso. Outros pensam que ter de ver...como hei-se dizer...chamemos-lhe os "zarolhos" dos outros é coisa que não lhes apetece.

Compreendo. É muito pelo, muita nalga, muita pila e muita bola.

Verdade. Especialmente para quem prefere passar a sua vida a ver apenas a instrumentaria que lhe calhou.

Partes pudendas de lado. O balneário pode ser um sitio até perigoso. Porque há malta que vê mal e depois há malta que leva a mal. 

Atente-se a esta situação - bem real e que teria corrido pior a ser levada a cabo por pessoa da minha estirpe.

Senhor meu marido tem 3 dioptrias em cada vista. É homem que não gosta de usar lentes (diz que o conceito de "enfiar" coisas nos olhos lhe faz muita confusão) pelo que está sempre de óculos. Senhor meu marido, já aprendeu (depois de entrar para o banho várias vezes com eles postos) que deve deixar os óculos no cacifo. Senhor meu marido vê-se à rasca para regressar ao local de partida e por esse motivo tende a esbugalhar bueda os olhos, por formas a verificar adonde estão os seus pertences.

Numa destas ocasiões terá encontrado um velho que se pensava enxuto.

- SSSa'lá tá a olhar pá onde?

Não percebeu que era consigo. Estava concentrado em conseguir chegar ao cacifo e conseguir ver a porra dos números do cadeado.

- Tá a olhar esquisito para mim.

- Ahhh????

Nuno incrédulo.

- Sim você, está a olhar esquisito para mim.

- Não homem, eu tenho é 3 dioptrias em cada vista e vejo-me à rasca para chegar ao cacifo.

O tipo duvidou e estava mesmo a ver se levantava arrufo com senhor meu marido. Que por sua vez pegou em suas tralhas e se pôs a andar para outro banco.

O velho parvo ainda continuou a dizer que lhe tinha parecido que estava a olhar esquisito para ele, mas que tudo bem, que era um tipo pacifico a não ser quando se passava, e que andava no muay thai para se saber defender. Mas só fazia isso.

Tudo a ver se arranjava confusão ou se o Nuno ficava com medo dele.

O Nuno, pachorrento como sempre, cagou no velho, vestiu-se e veio-se embora.

Eu disse-lhe, se fosse comigo tinha-lhe dito:

- Olhe, eu muay thai não faço nem sem o que é, se me passo e me começam a esbracejar à frente agarro é logo na minha "pesadinha" que trago sempre comigo. É que não falha. Podem saber muito karaté, mas com a "pesadinha" piam fino.

 

(nunca peguei em tal coisa na vida, mas o tipo não sabia. eu também não sei se ele faz muay thai ao não, o que era certo é que pensava 2 vezes)

 

24 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D