Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em busca da felicidade

Os nossos atletas devem ser para nós campeões, hoje e sempre, com ou sem medalhas.

 

Então está desiludido com este 10 º lugar?

Esta foi a pergunta que ouvi ontem ser feita por um jornalista ao Rui Costa, da nossa equipa de ciclismo nos Jogos Olímpicos. E foi por causa desta pergunta que me apeteceu ainda ontem vir aqui pôr um post, mas já estava cansada demais e o Pokemon cá de casa estava um bocado irrequieto de maneira que deixei para hoje.

Sou incapaz de compreender este tipo de abordagem. Esta abordagem negativa e pessimista. 

Estes atletas, todos eles são, aos meus olhos, campeões. E deviam ser aos olhos de todos os portugueses. Trabalham dia e noite para se preparar para este momento, para, num dia, numa prova, ser avaliada a sua qualidade enquanto atletas, enquanto profissionais de uma modalidade. Imaginemo-nos nós, atletas do dia a dia, vermos, em apenas umas escassas horas avaliada a qualidade do nosso trabalho. Seria justo? Penso que não. Todos temos dias bons, dias maus, dias em que as coisas nos correm melhor, outros apenas a vontade de nos voltar a deitar. Estas pessoas treinam para ser os melhores e são, são os melhores do seu país. Fazem provas e são campeões, ibéricos, europeus, mundiais, das suas modalidades. Depois há a nata da nata. Os Jogos Olímpicos. Ninguém mais do que estes atletas quer trazer uma medalha, e de preferência dourada. É a prova, o resultado merecido de uma vida de trabalho e de privações. 

Que sabemos nós, comuns mortais de passar a adolescência entre a escola e o desporto? Não há cá bejecas com os amigos ao fim do dia. Há 7 ou 8 km's de piscina. Não sei quantos km's de bicicleta, numa estática ou em estrada.Chove?! Há ginásio. Treino muscular.

É uma vida dura, física e psicologicamente.

Estes atletas são campeões, tragam ou não medalhas. E devem ser tratados dessa forma. Como campeões. Porque são os melhores. Os nossos melhores.

Está na altura de começarmos a apoiar mais o que é nosso, e não é só quando trazem a taça, e assim ficamos felizes porque nos fazem campeões. É pelo trabalho que fizeram anos a fio, pelo esforço, por não desistirem independentemente das adversidades. Por usarem a camisola com as nossas cores e darem tudo o que têm por nós. Para nos fazerem orgulhosos.

Está desiludido com o 10º lugar?

Uma pergunta idiota. Um 10º lugar entre os melhores do mundo, entre atletas que são treinados com as melhores condições à face da terra. Um 10º lugar orgulhoso, como muito bem respondeu Rui Costa, que mostrava um sorriso feliz pelo seu feito.

E que grande feito amigo. Aos meus olhos muito maior do que possas imaginar, que nem de bicicleta sei andar.

Os nossos atletas devem ser para nós campeões, hoje e sempre, com ou sem medalhas.

Parabéns porque são já vencedores olímpicos, pelo menos para mim, que não conseguia o que vocês alcançaram.

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D