Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Para quem queira conhecer melhor a tipa que escreve...

É provável que esta lista nunca fique acabada. É muito provável que algumas das linhas se alterem com o passar dos anos. Mas aqui fica uma espécie de lista de compras sobre a minha pessoa. Só assim, para quem queira saber.

 

- Sou pequena. Tenho mais de metro e meio…mas não muito.

- Calçava o 37 e depois de ter estado grávida passei a calçar o 38 para a maioria dos sapatos. Ou seja tenho uns pés muito grandes para a minha misera estatura.

- Sou hipocondríaca e sinto que fico mais com o passar da idade.

- Sou casada (com o mesmo homem há uma porrada de anos).

- Tenho 1 filho.

- Tenho 2 cães (que na verdade não valem 1 em peso se os somarmos).

- Adoro praia (mesmo quando a areia vai para sitios onde prefiro que não esteja).

- Gosto de campo, mas detesto mosquitame pelo que evito o campo.

- Gosto de doces (especialmente pocarias como gomas, bolachas e coisas do mesmo calibre alimentar).

- Ando a tentar deixar de comer açúcar, o que me é tremendamente difícil considerando a alínea anterior.

- Gosto de escrever (sobre coisas que me dá na real gana e não necessáriamente sobre coisas que sou obrigada a redigir).

- Gosto de ler.

- Gosto de ter graça e que as pessoas se riam das merdas que eu digo.

- Detesto o frio, mas depois gosto de me sentar a ver um filme embrulhada numa manta (coisa mais cliché, eu sei! Sou uma pessoa mesmo do mais banal que há).

- Gosto de panquecas. Podem ser doces, salgadas, com glúten, sem glúten, com lacticínios, sem lacticínios. Como vierem.

- Gosto de pão. Mesmo assim, sem nada.

- Gosto de fazer bolinhas com o miolo do pão antes de o comer.

- Divido os alimentos em categorias no prato.

- Não ponho salada no prato se estiver a comer carne. Mas já pode ser se for peixe.

- Não gosto de nada que tenha sopas de pão.

- Detesto papas. São para pessoas sem dentes e pessoas que não têm dinheiro para comprar uma placa.

- Sinto-me desconfortável na maioria da situações, por isso tento sempre ser engraçada. Por regra o silêncio é mais incomodo.

- São poucas as pessoas ao pé das quais me sinto verdadeiramente confortável, são as minhas pessoas…e são mesmo muito poucas.

- Fico sempre na dúvida se as pessoas me acham parva…porque sou um bocado. Em resumo tenho algum receio que percebam.

- Gostava de andar sempre de saltos mas sou preguiçosa…isso e moro num 3º andar sem elevador…o que dificulta as coisas.

- Gostava de trabalhar a part-time para ter mais tempo para o meu filho, para mim, para a minha escrita, para as minhas corridas.

- Gosto de correr… mas às vezes a preguiça sobrepõe-se (outras é mesmo só o cansaço).

- Gosto de dormir… e não durmo tanto quanto sinto que devia.

- Gosto de ver um bom filme e uma boa serie.

- Gosto de ir à praia à tarde, já lá chego no momento em que o calor está a baixar e a partir daí sopra sempre uma brisa. Para além disso não preciso de estar preocupada com as horas de pico de calor. Acresce que assim começo gradualmente a ver o areal a ficar desimpedido em vez de começar a estar claustrofóbica com gente a pôr a toalha quase ao meu colo.

- Gostava de saber tirar fotografias. (em condições, entenda-se)

- Gostava de saber fazer trabalhos manuais. Mas já desisti. Afinal de contas tenho os cortinados da sala todos desnivelados à conta das minhas tentativas de lhes fazer as bainhas.

- Gostava de ser rica. (sou a única pessoa que conheço com este desejo)

- Já fui operada às duas pernas.

- O meu filho nasceu de cesariana.

- As minhas unhas são uma vergonha e por isso pinto-as de cores escuras.

- Gostava de ter um cabelo igual ao da Rita Pereira.

- … e o rabo também…

- … e as maminhas também…

- … ok toda eu podia ser como a Rita Pereira.

- Gosto de ir de férias para sítios com tudo incluído e com pulseira.

- Quando não há tudo incluído gosto de ir de ferias com a mochila às costas e de ténis para passear a pé por todo o lado.

- Não tenho nenhum desejo particular em conhecer países da América Latina, de África e da Ásia. Por motivos de criminalidade, mosquitame e distância de avião. Exatamente por esta ordem de importância.

- Gosto que as pessoas me digam que gostam do que eu escrevo. Fico toda babada.

- Não gosto que se metam na minha vida. O que é para o mundo saber eu conto.

- Tenho 3 irmãos mais velhos. Que me ajudaram a crescer e me fizeram a vida negra em miúda. Tudo útil nos dias de hoje.

- Quando andava na preparatória disse que tinha um irmão meio chalupa para garantir que não apanhava na escola dos miúdos mais vândalos.

- Não gosto de beber água mas obrigo-me.

- Gosto de massagens.

- Gosto de pessoas com uma ligeira pancada. As que têm pancadas grandes tenho de estudar primeiro, ou as adoro ou fujo delas.

- Não tenho muita paciência para a estupidez, pelo que tenho optado por fingir que os estúpidos não existem. É uma estratégia de defesa.

- Acho que todas as pessoas que trabalham no mesmo edifício que eu e apanham o elevador para o 1º andar, deviam levar um pontapé no cu (excluídas estão pessoas que tenham problemas físicos).

- Gosto de fazer traduções parvas de termos comuns. Por exemplo “és um mão de vaca” passa a “ you are a hand of a cow”.

- Trato o meu marido por nazi financeiro, em resultado do facto de me tentar vetar quase todas as compras, onde se incluem determinadas espécies de viveres.

- Gosto de choco frito com salada.

- Não entendo pessoas que comem choco frito com batatas fritas.

- Os meus olhos não dizem coisas, são olhos normais, silenciosos, e se alguma vez lhes der para falar vou ao oftalmologista. No mais arriscado posso dizer que por vezes são olhos que se esbugalham p'a caraças com determinadas situações.

- Quando criei o blog no Sapo não sabia que havia uma comunidade tão ativa de leitores e fiquei em histeria quando recebi o primeiro comentário.

- Quando tive o primeiro destaque na Sapo (coisa que não fazia ideia que existia) fiquei histérica, incrédula e triste. Esta última porque só vi ao final do dia.

- Usei aparelho dentário por mais de 3 anos.

- Gosto de economato.

- Gosto de malas e sapatos. Servem sempre.

- Não gosto de fazer limpezas.

- Gosto essencialmente de não fazer nada e quando tenho de fazer alguma coisa que seja só o que me apetece.

- Não tenho jeito para fazer surpresas, porque fico em ansiedade para fazer a surpresa.

- Dou muitos erros a escrever.

- Gosto de gozar com os comentários de anónimos armados ao pingarelho.

- Adoro ouvir a Alanis Morissette, apesar de nunca saber como se escreve o apelido dela e precisar sempre da ajuda do Google.

- O meu álbum preferido é o “Jagged little pill” da Alanis Morissette.

- Gosto de nadar e de fazer Yoga.

- Às vezes ligo musica ZEN para me concentrar no que tenho para fazer.

- Gosto de ouvir musica clássica.

- Gosto de comprar viveres biológicos e de ir ao mercado ao sábado.

- Falo muito. E quando estou nervosa falo mais.

- Tenho medo de andar de avião. Mas ando na mesma.

- A minha ideia de arriscar é comprar uma camisa com flores, jantar num restaurante asiático ou comprar um bilhete numa companhia aérea low cost, estamos ali sentados a pensar fizeram a revisão, não fizeram a revisão?! Trocaram as peças, não trocaram as peças?! E são umas poucas horas de plena adrenalina.

- Adoro ler as crónicas do Ricardo Araújo Pereira.

- Gosto de ler António Lobo Antunes, mas acho que o percebo ainda melhor ao segundo copo de tinto.

- O meu filme favorito é o Forrest Gump.

- Fumei durante 10 anos.

- Formei-me em psicologia e nunca exerci (ainda bem, porque não teria jeito nenhum para a coisa).

- Gosto de brincar com o meu filho a fazer plasticina.

- Gosto de ouvir o meu filho a tentar dizer as palavras (está ainda a aprender a falar).

- Gosto de ser palhaça.

- Não gosto quando sinto que me estou a esforçar para que as pessoas gostem de mim.

- Detesto enganar-me e deixa-me possuída quando cometo erros.

- O meu livro favorito é o “Mataram a Cotovia” da Harper Lee.

- Já fiz duas endoscopias, uma delas acordada. Não foi bonito.

- Tentei dar instruções à minha dentista de como me devia extrair um dente do siso…enquanto ela estava a fazer a extração do mesmo.

- Gostava de saber jogar ténis.

- Não sei andar de bicicleta e depois de ter arranjado os dentes fiquei com mais medo de aprender.

- Gostava de dar uma nalgada a um ciclista quando passasse por um de carro.

- Tenho na minha mente uma lista de pessoas que gostava de mandar p’o caralho.

- Quando era pequena recusava-me a ver a Rua Sésamo porque era para crianças.

- Quando era miúda confundia a palavra cliché com a palavra clister. E a verdade é que às vezes ambos dão merda.

- Gosto que me tirem fotografias mas fico sempre deprimida com o resultado.

- O meu ator favorito é o Tom Hanks.

- Quando era miúda queria ser sereia como a Ariel.

- A minha mãe não me deixou aprender a andar de bicicleta porque eu andava sempre escavacada mesmo com os dois pés no chão. Se me montassem numa bicicleta os danos poderiam ser incalculáveis.

- Quando começo a escrever custa-me parar e por isso esta lista já vai longa.

  

(esta lista é completamente aleatória pelo que os pontos não têm necessariamente que ver uns com os outros)

6 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

------Blogs de Portugal------

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D