Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em busca da felicidade

Sôtor e as galochas novas

IMG_2929.JPG

 

Os avós andam preocupados que o neto se suje nos passeios ao jardim. Porque vem aí o Inverno e a criatura insiste em brincar nos espaços com areia e sair de lá todo cagado.

Os avós querem ver o neto num primor e preocupam-se de, no Inverno, o tipo ficar todo cheio de lama até ao pescoço.

Resolveu-se. Comprometemo-nos a levar mais uma muda de roupa na mochila com vista a acautelar quaisquer emporcalhamentos. 

Avós continuam preocupados, porque os sapatos são "mais complicados de limpar".

Comprometemo-nos em comprar mais um par de ténis chungas para "rebentar" no parque.

Resolvido que ficou. Ou mais ou menos.

A mãe de sôtor, criatura única ela própria / ela mesma, está mais preocupada que não deixem sôtor brincar à vontade e, se necessário for, rebolar na lama.

Vai desta e decide comprar antes umas galochas à cria. Todas em borracha, bem giras. De maneiras a que sôtor se possa "enterrar" em lama e os avós possam apenas passar por água o bendito calçado.

Antes do banho experimentamos a sôtor as galochas. Enamoramento imediato. De tal maneira que, para acabar de secar e vestir o pijama foi preciso dar-lhe uma galocha. Ao acabar de vestir o pijama, bendita criatura decide pôr a galocha ao pé do pé, gesto que usa para demonstrar que quer calçar qualquer coisa.

Resumo, passou uma parte do serão de pijama e galochas. Numa bela figura.

Meu rico menino, que és os interiores e os exteriores chapados da mãezinha! Teimoso que ele só!

 

2 comentários

Comentar post

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D