Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Em busca da felicidade

Eu a palrar por outras bandas...e a tentar fazer boa figura...

...como se isso fosse possível.

 

delito.png

 

 

Na semana passada recebi um e-mail do Pedro Correia. 

Quando li fiquei de boca aberta: um convite para escrever um post livre no Delito de Opinião.

Para quem não sabe, o Delito de Opinião existe desde que os blogs existem. Não há quem não o conheça. Quem lá publica sabe bem o que é escrever, e diria que sabe também que o eu eu faço está mais perto de ser "uma coisa qualquer" do que escrever. Ainda assim, pareceu-lhes boa ideia arriscar o seu espaço com as minhas divagações.

Eu, que sou pessoa que não tem juízo, em vez de escrever 500 caracteres e não incomodar mais. Botei prosa até mais não. 

Nem quero imaginar o ar de arrependimento do Pedro quando leu o meu texto: pela qualidade, pelo conteúdo e pela quantidade. 

De qualquer modo, tonteiras à parte, fiquei muito lisonjeada com o convite e, em minha defesa deixei o Pedro à vontade para, caso esteja mesmo muito mau o texto, fazer delete e fingimos que nada disto aconteceu.

Sei que é principio de Setembro, que andam às voltas com o regresso ao trabalho e o material escolar dos miúdos. Ou se calhar estão como eu, a aproveitar as férias, para uns porque não à filhos e para outros porque ainda não há preocupações com escola.

Sei de tudo isso, mas, caso tenham uns minutos, podem dar uma espreitadela aqui.

Quando vou a outros sítios e faço boa figura

Muitas vezes penso que podia ter aproveitado aquele momento em que falei, em que proferi uma opinião, um comentário, para estar calada.

O silêncio é uma demonstração de sabedoria que raras vezes sei aproveitar.

A semana passada, por conta da noticia que não é noticia, é uma coisa qualquer, sobre os livros rosa e azuis, comentei o texto publicado pelo Pedro Correia no Delito de Opinião.

Hoje de manhã, em visita a esta minha modesta, singela, mas atravancada, banca de fruta, dou com uma ligação ao Delito de Opinião. O meu comentário foi destacado como comentário da semana.

Primeiro deixei que a lisonja passasse por toda euzinha, assim como uma corrente de eletricidade. Depois percebi que se deu um daqueles momentos de exceção à regra e até disse alguma coisa que se aproveita...embora tenha trocado alguns "de" por "se".

Lá está, se estivesse perfeito é porque não tinha sido eu...porventura um espírito que se tivesse apossado do meu ser.

------ Gostar da Página ------

----ATENÇÃO!----

Este não é o meu cantinho, este não é o meu refugio e este não é o meu diário público. Este é o meu tasco. Servem-se petiscos carregados de óleo velho, jolas, caracoladas e meia dúzia de piadas parvas. Se procura um espaço mais aprimorado é tentar na porta ao lado. Aqui arrota-se. Dão-se chupas aos miúdos (sim com açúcar...nada de stevia). Aqui dão-se erros ortográficos, baralha-se a semântica e escrevem-se frases à Saramago…e não falo da qualidade intrincada de ideias, é mesmo pela falta de pontuação. Aqui corre-se ocasionalmente, mas sempre com os bofes pela boca e acompanhado do #excuses, muitas #excuses. Aqui faz-se o que dá na real gana, mas sempre com algum juízo. Se estiver confortável com o acima disposto, sente-se e mande vir um pires de caracóis que já atendemos.

--------Instagram--------

------Blogs de Portugal------

----- Seguir no Bloglovin -----

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

------- Mais sobre mim -------

foto do autor

------------ Arquivo ------------

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D